O show do sérvio que foi servido com Buffet livre, churrasco e dança gaúcha!

DSCF5116Sete países (Sérvia, Itália, Cuba, Venezuela, Argentina, Uruguai e Brasil) divididos em quatro estados (SP, PR, SC e RS) e 19 cidades (São Jose do Rio Preto, São Paulo, Itajaí, Curitiba, Santa Maria, Pelotas, Bagé, Dom Pedrito, São Gabriel, Santana do Livramento, Caracas, Belgrado, Buenos Aires, Montevidéu, Tacuarembó, Rivera, Mercedes, Havana e Milão) se renderam à força do Mestre Internacional sérvio Dragan Stamenkovic que com 10 vitórias das 11 partidas programadas consagrou-se e levou o grande título da 5ª Copa das Nações de Xadrez Internacional disputada neste último sábado – dia 11 nas dependências do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Presilha do Pago – numa iniciativa da Associação de Xadrez do MERCOSUL com apoio integral da Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (FUNDERGS) reunindo o que havia de melhor disponível da seleta e privilegiada elite do xadrez internacional.

Este foi mais uma inovação do presidente e visionário jornalista Pedro Nicola da AXM que desta vez radicalizou as disputas transformando-as no primeiro torneio psicodélico de xadrez cujos critérios usuais de desempates foram abolidos e tornando o evento não só inédito ou único no gênero, mas conseguiu a expressiva unanimidade de aprovação de todos os participantes que deixou em suspense a classificação final até as últimas rodadas – uma vez que a cada rodada havia a possibilidade de se conquistar não uma simples e burocrática vitória, mas fazer pontos – e muitos. Ao total o evento disponibilizou nada menos do que 524 em disputa divididos em 11 rodadas onde em cada uma delas a soma dos tempos era convertida em pontos.

Por exemplo. Nas duas primeiras rodadas os ritmos eram de cinco minutos para cada lado e a vitória se transformava em 10 pontos. Na terceira se transformava em 14. Nas restantes – 20, 30, 40, 50, 60, 80, 90 e 120.

DSCF4933Agora, para se ter uma ideia da força deste sérvio – ele conseguiu 494 pontos dos 524 possíveis. Estes 30 pontos que faltaram para que Dragan pudesse fazer – como diz o ditado gaúcho “cabelo, barba e bigode” ficaram na conta do Mestre Fide montevideano José Riverol na 5ª rodada onde o ritmo era de 15 minutos. Porém – antes desta derrota o mestre Dragan vencera na ordem – o venezuelano de Caracas Dirley Martinez, Alexandre Zanini de Santa Maria e Nilo Cruxen representando a Federação Paulista de Xadrez.

DSCF5079

Além dos grandes jogadores – a 5ª Copa das Nações foi prestigiada por ilustres personagens (foto acima) como Rafael Mena Irigoyen e seu irmão Marcos Mena Irigoyen o primeiro gerente de nossa conta no Banrisul e o outro Técnico Tributário da Receita Estadual responsável por nossas certidões.

2015-04-11 21.47.242015-04-11 21.47.412015-04-11 21.47.562015-04-11 21.48.282015-04-11 21.48.392015-04-11 21.49.02IMG_20150411_214705DSCF4952DSCF4953DSCF4954DSCF4955DSCF4956Após o almoço – buffet livre servido a título de cortesia pelos promotores, Stamenkovic veio com as baterias recarregadas e o sinal de alerta ligado após a derrota contra o mestre uruguaio. Azar de seus adversários que um a um foram caindo diante do gigante que por fim apresentou seu verdadeiro jogo. O primeiro a levar xeque-mate foi o gênio Rafael El Hanini e logo a seguir foi a vez de Valmir Souza – ambos de Santana do Livramento. A partida seguinte prometia. Não só grandes lances, mas emoção e acima de tudo muita plateia em torno da mesa um. Dragan contra o campeão catarinense e também Mestre FIDE Felipe Kubiaki Menna Barreto de Itajaí, SC. Somou mais 60 pontos. Logo surgiu pela frente João Paulo Lukaszczyk, porém o destino deste santa-mariense já estava traçado. Bem que tentou jogar. Fez força. Lutou. Mas os 80 pontos já tinham dono.

Na sequencia mais dois uruguaios, pai e filho, ambos Mestres FIDE e da cidade de Mercedes no Uruguai. Porém serviram apenas para confirmarem o favoritismo do sérvio que somou mais 90 e 120 pontos e consagrando-se campeão da 5ª Copa das Nações de Xadrez Internacional.

Ao total o evento teve a participação de cinco Mestres FIDES e um Mestre Internacional além de dezenas de enxadristas profissionais que apesar de não terem o privilégio e o status de mestre são ótimos jogadores de nível e repercussão internacional – todos com pontuação no ranking mundial da federação internacional de xadrez.

A organização premiou os 12 primeiros com super medalhas em uma cerimônia de gala que antecedeu o grande jantar de encerramento que consistiu em um frondoso churrasco acompanhado de saladas diversas, macarrão arroz e demais acompanhamentos. O grupo de jovens da 19ª Região tradicionalista liderados pela patroa do CTG Presilha do Pago Andréa Cavalheiro juntamente com entidades de Bagé se reuniram e proporcionaram um show de gala exibindo coreografias e danças gaúchas que encantou não só os enxadristas gaúchos, mas os de outros estados e também os estrangeiros – em especial o sérvio que não se cansava de aplaudir em pé e elogiar “храбар… храбар!“. Logo ficou evidenciado que deveria ser algum tipo de elogio em seu idioma. Sua esposa Carla Boesing que também acompanhava a apresentação batendo palmas – logo percebeu que Dragan não estava sendo entendido e o cutucou. Feito isso ele, um tanto que envergonhado contornou a situação e com um largo sorrido logo traduziu entusiasticamente para “Bravo!… Bravo!”.

 

DSCF5090DSCF509111140393_632633493534348_6258408977150829217_n11147093_632634246867606_4851977195819578084_nContudo – se engana aquele que pensar ter terminado por aqui as festividades gauchescas. Quando tudo indicava que o acesso à praça de alimentação seria liberado surgiu o melhor da festa – fora o jantar é claro. Rui Rodrigues, que já combinara antes com seu corpo de baile – orientou que todas as prendas se encarregassem de convidar um enxadrista como par e os peões escolheram suas companheiras e algumas enxadristas também. Por esta ninguém esperava. Sem exceção os participantes foram puxados para o salão do CTG Presilha do Pago que ficou superlotado. Foi uma verdadeira e digna confraternização intercultural onde todos tiveram que dançar – mesmo que no improviso, algumas musicas gaúchas. O que se notou foi a vergonha que estes sérios e concentrados enxadristas sentiram. Muitos – isso para não dizer que todos, queriam sair correndo. Estavam morrendo de vergonha. Mas não tiveram saída. Ou dançavam ou dançavam. Foi uma festa completa. Se pela ótica de um enxadrista o tempo passa muito depressa – desta vez estes escassos minutos que estiveram reféns da cultura gaúcha – mais pareceram séculos, mas ao final aqueles que outrora aplaudiram foram aplaudidos e ovacionados.

Na verdade a história cumpriu seu papel e não se enganou. Classificaram-se nas três primeiras colocações os rating mais fortes e enxadristas titulados. Em primeiro o MI sérvio Dragan Stamenkovic com 2462 pontos no ranking mundial, em segundo ficou O MF Felipe Kubiaki Menna Barreto com 2338 e em terceiro o também MF José Riverol com 2304. A partir daí ocorreram algumas exceções com a não classificação entre os 12 primeiros premiados alguns MF como o argentino Campos que ficou em 13º e o uruguaio Sebastián Izquierdo com três posições abaixo, em 16º.

DSCF5114DSCF5115DSCF5117DSCF5095DSCF5096DSCF5097DSCF5098DSCF5099DSCF5100DSCF5102DSCF5104DSCF5105DSCF5106DSCF5107DSCF5108DSCF51092015-04-11 21.54.472015-04-11 21.55.322015-04-11 21.56.122015-04-11 21.56.302015-04-11 21.57.092015-04-11 21.57.212015-04-11 21.57.382015-04-11 21.58.272015-04-11 22.08.222015-04-11 22.09.37IMG_20150411_215912IMG_20150411_215954IMG_20150411_215956IMG_20150411_220156IMG_20150411_220248IMG_20150411_220333IMG_20150411_220433IMG_20150411_220616IMG_20150411_220710IMG_20150411_220711IMG_20150411_220811IMG_20150411_220928

A classificação final foi a seguinte e os premiados receberam uma super medalha.

Clas.

Nome

Título

País

Rtg.Intern.

Rtg.Loc.

Cidade

Pontos

Vit.

Dragan Stamenkovic

MI

Sérvia

2462

 

São Jose do Rio Preto

494

10

Felipe Menna Barreto

MF

Brasil

2338

 

Itajaí

444

09

Jose Riverol

MF

Uruguai

2304

 

Montevidéu

434

08

Joao Paulo Lukaszczyk

 

Brasil

1932

 

Santa Maria

400

08

Tiago Braz

 

Brasil

 

2105

Livramento

379

07

Nilo Cruxen

 

Brasil

2112

 

São Paulo

375

07

Daniel Izquierdo

MF

Uruguai

2220

 

Mercedes

346

06

Joel Chacon

MF

Cuba

2130

2184

Havana

339

06

Dirley Martinez

 

Venezuela

 

2105

Caracas

324

06

10º

Rafael El Hanini

 

Brasil

 

2024

Livramento

304

06

11º

Mauricio Szelag

 

Brasil

 

2023

Bagé

304

05

12º

Félix Maidana

 

Uruguai

1645

1996

Rivera Chico

300

05

Também receberam  super medalha as seguintes categorias:

Campeão Ultra veterano: José Jorge Silva de Bagé

Campeão Veterano: Jorge Alberto Boabaid,   de Santa Maria

Campeão Juvenil: Gustavo El Hanini   de  Livramento

Campeã Juvenil: Natiele Medina Oliveira    de São Gabriel

Campeã  Infantil: Nayara Nagamori de Livramento

Campeão  Infantil:     Lucas Jardim de São Gabriel

Campeã  Mirim:        Manuella Nagamori de Livramento

Campeão  Mirim:        Cezar Nagamori de  Livramento

Mérito Desportivo: Ignácio Marrero de Bagé

Espírito Esportivo: Luciano Godoy de Bagé

Honra ao Mérito: Roberto Castillo de Montevidéu

Menção  Honrosa: Santiago Maidana de Rivera

DSCF4802DSCF4851DSCF4852DSCF4877DSCF4879DSCF4883DSCF4899DSCF4900DSCF4905DSCF4906DSCF4913DSCF4914DSCF4917DSCF4918DSCF4930DSCF4933DSCF4937DSCF4938DSCF4940DSCF4945DSCF4946DSCF4947DSCF4948DSCF4968DSCF4969DSCF4970DSCF4971DSCF4972DSCF4973DSCF4975DSCF4977DSCF4979DSCF4983DSCF4990DSCF4991DSCF4992DSCF4993DSCF5001DSCF5003DSCF5004DSCF5005DSCF5006DSCF5007DSCF5008DSCF5009DSCF5011DSCF5012DSCF5013DSCF5014DSCF5015DSCF5016DSCF5017DSCF5018DSCF5019DSCF5024DSCF5043DSCF5044DSCF5045DSCF5046DSCF5069DSCF5078DSCF5079DSCF4809DSCF4811DSCF4812DSCF4813DSCF4814DSCF4815DSCF4816DSCF4817DSCF4818DSCF4819DSCF4820DSCF4821DSCF4822DSCF4823DSCF4824DSCF4825DSCF4826DSCF4827DSCF4828DSCF4829DSCF4830DSCF4831DSCF4832DSCF4833DSCF4834DSCF4835DSCF4836DSCF4837DSCF4838DSCF4839DSCF4840DSCF4841DSCF4842DSCF4843DSCF4844DSCF4845DSCF4846DSCF4847DSCF4848DSCF4849DSCF4850DSCF4854DSCF4855DSCF4856DSCF4857DSCF4858DSCF4859DSCF4860DSCF4861DSCF4862DSCF4863DSCF4864DSCF4865DSCF4866DSCF4867DSCF4868DSCF4869DSCF4870DSCF4874DSCF4875DSCF4880DSCF4881DSCF4882DSCF4885DSCF4886DSCF4887DSCF4888DSCF4890DSCF4891DSCF4892DSCF4893DSCF4894DSCF4895DSCF4896DSCF4897DSCF4898DSCF4901DSCF4902DSCF4903DSCF4904DSCF4907DSCF4935DSCF4936DSCF4939DSCF4941DSCF4942DSCF4943DSCF4944DSCF4949DSCF4957DSCF4958DSCF4959DSCF4960DSCF4961DSCF4962DSCF4963DSCF4964DSCF4965DSCF4966DSCF4967DSCF4974DSCF4976DSCF4978DSCF4980DSCF4981DSCF4982DSCF4984DSCF4985DSCF4986DSCF4987DSCF4988DSCF4989DSCF4994DSCF4995DSCF4996DSCF4997DSCF4998DSCF5002DSCF5010DSCF5020DSCF5021DSCF5022DSCF5023DSCF5025DSCF5026DSCF5027DSCF5028DSCF5029DSCF5030DSCF5031DSCF5032DSCF5033DSCF5034DSCF5035DSCF5036DSCF5037DSCF5038DSCF5039DSCF5040DSCF5041DSCF5042DSCF5047DSCF5048DSCF5049DSCF5050DSCF5051DSCF5052DSCF5053DSCF5054DSCF5055DSCF5056DSCF5057DSCF5058DSCF5059DSCF5060DSCF5061DSCF5062DSCF5063DSCF5064DSCF5065DSCF5066DSCF5067DSCF5068DSCF5070DSCF5071DSCF5072DSCF5073DSCF5074DSCF5075DSCF5076DSCF5077DSCF5080DSCF5081DSCF5082DSCF5083DSCF5084DSCF5085DSCF5086DSCF5087

Puesto Nombre                      Intl Id   Loc Id       Rtg  Loc  Club                  Puntos Wins

  1    Dragan Stamenkovic,         Sérvia    Geral        2462      São Jose do Rio Preto 494      10
  2    Felipe Kubiaki Menna Barr,  Brasil    Geral        2338      Itajai/SC             444       9
  3    Jose Riverol,               Uruguai   Geral        2304      Montevidéu            434       8
  4    Joao Paulo Lukaszczyk,      Brasil    Sênior       1932      Santa Maria/RS        400       8
  5    Tiago Braz,                 Brasil    Geral             2105 Livramento/RS         379       7
  6    Nilo Cruxen,                Brasil    Geral        2112      São Paulo/SP          375       7
  7    Daniel Izquierdo,           Uruguai   Senior       2220      Mercedes              346       6
  8    Joel Chacon,                Cuba      Geral        2130 2184 Havana                339       6
  9    Dirley Martinez Bello,      Venezuela Geral             2105 Caracas               324       6
  10   Rafael El Hanini,           Brasil    Juvenil           2024 Livramento/RS         304       6
  11   Mauricio Szelag,            Brasil    Geral             2023 Bagé/RS               304       5
  12   Félix Maidana,              Uruguai   Sênior       1645 1996 Rivera Chico          300       5
  13   Jose Felix  Campos,         Argentina Geral        2179      Buenos Aires          294       7
  14   Luciano Sberse Godoy,       Brasil    Geral             2165 Bagé/RS               290       5
  15   Natanael Muana Noronha,     Brasil    Geral        1849      Pelotas/RS            284       5
  16   Sebastian Izquierdo,        Uruguai   Geral        2026      Mercedes              276       6
  17   Pablo Lara,                 Itália    Geral        1863      Milão                 265       6
  18   Leonardo Araújo,            Brasil    Geral             1998 Curitiba/PR           265       4
  19   José Jorge Silva,           Brasil    Ultraveteran      1920 Bagé/RS               264       5
  20   Lucas Jardim,               Brasil    Infantil          1800 São Gabriel/RS        255       5
  21   Alberto Silveira,           Brasil    Geral             1800 Bagé/RS               253       4
  22   Ignácio Marrero,            Brasil    Geral             2195 Bagé/RS               250       5
  23   Jorge Alberto Boabaid,      Brasil    Veterano     1877      Santa Maria/RS        239       5
  24   André Espinosa,             Brasil    Geral             1959 Dom Pedrito           220       4
  25   Gustavo El Hanini,          Brasil    Juvenil           2015 Livramento/RS         220       3
  26   Gilberto de Los Santos,     Uruguai   Sênior            1900 Rivera                200       3
  27   Nayara Nagamori,            Brasil    Infantil          1500 Livramento/RS         194       3
  28   Alexander Ferrada,          Uruguai   Geral             1800 Tacuarembó            190       5
  29   Roberto Castillo,           Uruguai   Geral        1624 1793 Montevidéu            185       4
  30   Cladimir  Nunes Ferreira,   Brasil    Geral             1500 Santa Maria/RS        184       3
  31   Mateus Stoll,               Brasil    Geral             1817 Bagé/RS               175       4
  32   Etchiel Ribeiro Moreira,    Brasil    Juvenil      1692 1800 São Gabriel/RS        175       3
  33   Natiele Medina Oliveira,    Brasil    Juvenil           1500 São Gabriel/RS        175       2
  34   Valmir Souza,               Brasil    Sênior            2190 Livramento/RS         164       4
  35   Alexandre Zanini,           Brasil    Sênior       1686      Santa Maria/RS        160       3
  36   Santiago Maidana,           Uruguai   Geral             1516 Rivera Chico          136       3
  37   José Braz,                  Brasil    Geral             1500 Livramento            102       2
  38   Manuella Nagamori,          Brasil    Mirim             1500 Livramento/RS         87        1
  39   Cezar Nagamori,             Brasil    Mirim             1500 Livramento/RS         66        1

Sorry, the comment form is closed at this time.

   

Parceiros

Parceiros




© 2012 Bobby Fischer Xadrez Clube Desenvolvido por PHD Soluções Digitais