DSCF1707Como um náufrago lutando solitário contra um oceano revolto e turbulento – cercado de ferozes e não menos famintos tubarões que a cada instante lhe aplicavam pequenos – pois doloridos golpes que, cedo ou tarde lhe causariam a morte certa, Gustavo El Hanini heroicamente resistiu e foi o único enxadrista santanense a classificar-se dentre os melhores na disputa da Copa 191 anos de Sant’Ana do Livramento de Xadrez Internacional disputada que foi na tarde deste último domingo dia 27 na sala vip da Fronteira Game Anime Store. Sua conquista se reveste de suma importância porque na disputa estavam dezenas de grandes jogadores e todos campeões de suas respectivas cidades e clubes que lutavam pelos grandes troféus oferecidos pela UNIMED e a provedora de internet Via-Expressa – ambas as empresas locais e representadas pelo Bobby Fischer Xadrez Clube.

Para chegar a este titulo simbólico de campeão após os quatro primeiros – Gustavo usou uma estratégia e uma tática inteligente. Sabendo que os que estavam acima dele notoriamente eram melhores não seria – segundo sua ótica, desperdiçar seu tempo e cansar à toa tentando vitórias que dificilmente viriam. Então resolveu se poupar. Jogou “seu feijão com arroz” e, é lógico, perdeu; mas nem por isso ficou triste. Aprendeu com isso e ainda teve tempo para descansar e observar as demais partidas anotando mentalmente como estavam jogando seus eventuais e futuros adversários.

Era uma tática arriscada. Entregara a posição de ataque para confiar que venceria todas as suas partidas restantes. Não é que deu certo? Gustavo num misto de sorte e competência não acreditava no cenário que se compunha a sua frente. Foram sucessivas vitórias que o conduziram ao honroso 5º lugar tendo abaixo dele 41 adversários inclusive seu maior rival que é ninguém menos do que Rafael, seu irmão gêmeo.

Os quatro que ficaram acima dele quiçá Gustavo ainda poderá vencê-los um dia, porém na realidade atual – o cubano Chacón, os campeões e vice de Bagé Ignácio e Luciano além do montevideano Oscar não tomaram conhecimento dele. Contudo esforçado Gustavo El Hanini não foi o único destaque da disputa da Copa 191 anos de Sant’Ana do Livramento de Xadrez Internacional. Apesar de se consagrar campeão com 90% de aproveitamento o Joel Chacón teve seu currículo carimbado pelo 3º colocado Luciano Sberse que foi o único a não ser vencido pelo mestre cubano. Por esta razão Luciano recebeu dois troféus – o pela classificação e um especial de Atuação Destacada.

CLASSIFICAÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Galeria de Fotos:

Sorry, the comment form is closed at this time.

   

Parceiros

Parceiros




© 2012 Bobby Fischer Xadrez Clube Desenvolvido por PHD Soluções Digitais